Passo a passo para não errar nos cálculos de frete em seu e-commerce

Passo a passo para não errar nos cálculos de frete em seu e-commerce

Quem vende no e-commerce precisa ter cuidado na hora de calcular o frete. Conheça as melhores opções e aprenda a calcular para não ter prejuízo nas vendas

Um ponto importante das compras online e que causa dúvidas tanto em quem vende quanto em quem compra é o frete.

Consumidores buscam as opções mais baratas e rápidas, enquanto os vendedores do e-commerce precisam cuidar da logística para oferecer um serviço que satisfaça o consumidor.

Essa preocupação com logística deve ser uma prioridade dos lojistas para evitar erros no cálculo de frete – e mais ainda, prejuízo para quem vende.

Para não errar na logística e no cálculo do frete, continue lendo o artigo de hoje. Vamos listar as principais opções de frete para entrega no seu e-commerce e como escolher a melhor para seu negócio!

Quais são as opções de frete para o seu e-commerce?

Atualmente no mercado existem duas soluções principais para enviar seus produtos para os consumidores. O lojista pode escolher entre o frete dos Correios ou contratar uma transportadora.

Tanto Correios quanto cada transportadora tem suas regras próprias, suas vantagens e formas de contratação. Para diferenciá-las, vamos ao passo a passo de contratação de cada uma.

Qual opção de frete oferecer?

O comerciante pode escolher, antes de mais nada, como vai cobrar pelo preço do frete. Você pode definir se absorve o custo ou o valor pode ser repassado inteiramente ao consumidor.

Nesse caso, uma dica é oferecer ao cliente a opção de entrega normal ou as modalidades do Sedex disponibilizadas pelos correios.

Caso prefira embutir o custo do frete na compra, você deverá calcular uma média do valor de entrega com base nas regiões onde você fará suas entregas e o tamanho/peso dos produtos vendidos.

Essa opção pode chamar mais a atenção do consumidor, mas oferece um risco de prejuízos que precisam ser compensados.

Por fim, você também pode sempre optar pelo frete grátis. Sem dúvidas, essa opção atrai os consumidores muito mais facilmente. Por outro lado, os seus cálculos de lucro precisam ser muito precisos para não levar prejuízo.

Frete pelos Correios no e-commerce

Os Correios são o método mais comum para enviar mercadorias compradas pela internet. Com preços padronizados e um serviço abrangente em todo o país, os Correios são mais fáceis de se lidar sem ter que elaborar contratos e comparar opções diferentes de precificação e prazos.

Para utilizar os Correios é só instalar uma aplicação disponibilizada por eles, facilmente integrada ao site do e-commerce. Visite a página dos Correios para entender melhor como fazer a integração entre o maior serviço de entregas do Brasil e o seu e-commerce.

Quanto custa o frete pelos Correios?

Ao optar por enviar produtos do e-commerce, as especificações que vão impactar no preço são:

  • Altura do objeto

  • Comprimento do objeto

  • E a largura do objeto

As três medidas combinadas resultam no peso cúbico do objeto, que vai definir o preço final.

No site dos Correios é possível simular quanto custaria uma entrega de mercadorias pelo serviço da companhia. Clique aqui para calcular e verificar a viabilidade para o seu negócio.

Fretes por transportadoras no e-commerce

Contratar uma transportadora para entregar seus produtos é uma opção para todo tipo de e-commerce.

Ao contrário dos Correios, contratar uma transportadora permite o envio com menos limitações de peso de mercadorias, o que pode atender lojas mais variadas do e-commerce.

Contratar uma transportadora também permite maior flexibilidade de preços e prazos. Nesse modelo é possível combinar contratos diferentes e até negociar os valores cobrados, com base no volume e frequência de entregas do seu e-commerce.

Em todo o Brasil existem diversas transportadoras, maiores ou menores, que atendem em maior ou menor abrangência. Cada uma dessas empresas tem a sua própria fórmula para calcular preços e prazos, o que exige do comerciante uma pesquisa mais aprofundada para encontrar a melhor opção.

Vale lembrar ainda que transportadoras podem cobrar taxas específicas que variam de cada empresa, além de limitar entregas a determinadas regiões ou pesos e tamanhos.

As transportadoras, ao contrário dos Correios, minimizam a chance de atrasos nas entregas. Por outro lado, requerem a instalação de um software próprio de cada opção na página do seu e-commerce.

Quando, depois de muita pesquisa, escolher a melhor transportadora, levante todos os gastos desde a contratação até a entrega e cruze com os seus próprios gastos.

Comparando com as opções dos Correios, você encontrará a melhor forma de enviar suas mercadorias com segurança, rapidez e sem errar no cálculo dos lucros.

Gostou das dicas do nosso artigo? Então compartilhe-o nas suas redes sociais! E se ficar alguma dúvida, é só falar com a gente, na nossa página de contato ou deixando um comentário! Até a próxima!

2018-10-22T00:25:15+00:00

AVADA IT

Fusce ut ipsum tincidunt, porta nisl sollicitudin, vulputate nunc. Cras commodo leo ac nunc convallis ets efficitur.

RECENT TWEETS

CONTACT US

  • 12345 North Main Street, New York, NY 555555
  • 1.800.555.6789
  • support@yoursite.com